Castelo Branco

Mais que uma voltinha, muito mais que uma viagem!

Venha connosco até CASTELO BRANCO e, pelo caminho, descubra a riqueza da região.

Se está a pensar em ir dar uma voltinha até Castelo Branco – seja para um dia bem passado entre amigos, colegas de trabalho ou em excursão –, o aluguer de autocarro low-cost da Transdev é a resposta às suas necessidades.
De 2a a 6a feira, entre as 9 horas e as 17 horas, mais que uma voltinha, as nossas soluções oferecem uma experiência única ao possibilitarem uma visita aos principais pontos turísticos da região, enriquecendo ainda mais o seu dia a um preço que o vai deixar surpreendido.
CONHEÇA AS NOSSAS SUGESTÕES DE LOCAIS A VISITAR

Museu Cargaleiro

Castelo Branco

Através da sua Coleção, de exposições temporárias, programas educativos e da Biblioteca, o Museu promove a fruição e a compreensão da arte e da cultura contemporâneas. A apresentação a públicos diversificados da obra dos mais conceituados artistas dos nossos dias, o reforço dos laços com a comunidade local, são atividades inerentes à missão do Museu. (Fonte: fundacaomanuelcargaleiro.pt)

Aldeia da Figueira

Proença-a-Nova

Figueira é aldeia em xisto, praticamente plana e de fácil circulação. O seu núcleo central esconde no seu emaranhado de ruelas o forno comunitário. Na sua envolvente terrenos agrícolas povoados de oliveiras dão origem ao "ouro verde" que já foi a riqueza da aldeia. (Fonte: aldeiasdoxisto.pt)

Cais de Ródão e Est. Arqueológica do Enxarrique

Vila Velha de Rodão

O Parque Ambiental do Tejo-Enxarrique foi criado para valorizar a estação arqueológica da Foz do Enxarrique, um acampamento atribuído ao Paleolítico Médio e descoberto em 1982, considerado um dos sítios arqueológicos e paleontológicos mais importantes a nível internacional. Aí foram encontrados vestígios de materiais líticos talhados e identificados vestígios de diversos animais, incluindo alguns dos mais recentes vestígios datados da presença do Elefante europeu neste continente, antes da sua extinção. Outros vestígios encontrados no local apontam para o seu uso como acampamento militar durante o período da presença romana no território português.
(Fonte: cm-vvrodao.pt)

Aldeia Histórica de Monsanto

Idanha-a-Nova

Recebeu em 1938, o título de “Aldeia mais portuguesa de Portugal”. O imponente castelo medieval de Monsanto foi parcialmente destruído pela explosão acidental do paiol de munições, numa noite de Natal, já no século XIX, restando actualmente apenas duas torres, a do Peão e a de Menagem, para além das belíssimas ruínas da Capela românica de S. Miguel (séc. XII).
(Fonte: naturtejo.com)

Pesquise na Transdev

Formulário de pesquisa